30 março 2009

AMIGOS, AMIGOS, CRÔNICAS À PARTE

No post anterior, comentei sobre algumas novidades que pretendo colocar nesse blog.
Uma delas é a coluna “Amigos, amigos, crônicas à parte”, histórias que alguns leitores e amigos conversaram comigo, algum dia.
Isso mesmo, amigo leitor que me confidenciou seus segredos. Sua história pode ser contada aqui a qualquer momento.
Mas não precisa se jogar da janela. Obviamente, contarei apenas as histórias que me foram autorizadas e nem adianta chorar no meu pé, porque não contarei para ninguém quem foi que me contou o quê. Sigilo profissional.

Vamos fuçar a vida dos outros?

O AMIGO HETERO
Pelo título, parece coisa de conto erótico, não é mesmo?
Mas não é.
Quer dizer, quase que é... Afinal, esse é o blog do Vilser, e aqui nada é contado como costuma ser nos contos eróticos dos outros sites. E antes que vocês me perguntem, sim, todos os nomes são fictícios.

Um amigo meu, que conheci pessoalmente, o Paulo (bichinha de tudo, mas não digam que fui eu que falei) era loucamente apaixonado por seu melhor amigo hetero, Josias. Até aqui, tudo inédito... Claro que nenhum de vocês nunca passou por isso, não é mesmo?

Tive a oportunidade de conhecer Josias pessoalmente também. Era um cara interessante, forte, marrento, mãos grandes (caro leitor, nem adianta abrir suas calças para bater punheta nessa cadeira, que, como eu disse, isso não é um conto erótico...)

Josias tinha uma noiva, muito bonita por sinal. Mas quem disse que isso diminuía o interesse de Paulo por ele? Aliás, acho que tem muito gay que só vê graça em um cara se ele for comprometido com mulher, principalmente de aliança...

Assim, um belo dia, Paulo estava lavando o quintal com sua bermudinha super-discreta e agarrada, quando Josias aparece e lhe faz uma proposta. E sim, é uma proposta indecente.

Josias propõe a Paulo uma transa.
Perfeito não é mesmo? Fosse simples assim, aí eu poderia narrar agora os detalhes da fudelância agora....
Entretanto (eu adoro usar essa palavra... dá medo), a proposta tinha uma cláusula não muito sonora aos ouvidos de Paulo: Os participantes desse sexo fenomenal e estelar seriam Paulo, Josias... e a noiva dele.

Paulo achou meio estranho... Mas lembrem-se, ele era doido por Josias, e um detalhe destes, ter uma mulher ali na frente, com a bucetona ali, toda receptiva... Ia passar despercebido...

Mesmo assim, Paulo aceitou e transa aconteceu.

Paulo assumiu para mim que teve dificuldade em ter ereção para entrar dentro de um território tão inóspito quanto aquele, o corpo de uma mulher, mas me disse que quando Josias adentrou por sua porta (preciso explicar essa metáfora?), Paulo virou praticamente uma máquina de costurar. De tanto que ia e vinha.

A noiva de Josias ficou maravilhada.
Devo aqui contar a vocês que Paulo possui uma ferramenta que assusta muita gente... E por isso, levou a garota à loucura. (Se alguém disse a vocês que mulher não gosta de pinto grande, não entrevistou essa moça).

Bem, se foi tudo bom pra todas as partes, não seria de estranhar que eles quisessem repetir a dose, não é mesmo? E sim, eles repetiram.

Entretanto (olha a palavra que dá medo aí de novo, gente), um belo dia, Josias, curioso em ver como sua namorada ficava tão lasciva quando estavam a três, resolveu propor a Paulo, como direi... Que fornecesse o mesmo préstimo a ele que era fornecido à sua namorada. Ou em palavras mundanas: queria que Paulo o comesse. Pronto, falei, e ninguém morreu por causa disso.

Paulo aceitou. Afinal, gostava de Josias.
O problema é que, não só Josias experimentou... Como viciou.

Até hoje, anos depois, Josias ainda liga para Paulo, implorando um encontrozinho. Só que agora, Paulo recusa.
Perguntei então ao meu amigo:
- Mas e aí, você não gosta mais dele?
- Não, Vilser. Podem tecer elogios até cansar à minha ferramenta, mas é só para ficar de enfeite... Eu gosto de homem. Josias agora é viado!

Tem gente que nunca está contente...

e-mail: vilser@gmail.com

8 comentários:

FOXX disse...

hauhauahauhauahauha

adorei!


kkkkkkkkkkkkkkkkk

Lipe disse...

ahahahaahahaha

amei !!!


essas paixões por héteros...


Ainda bem que eu tenho o meu multiuso, homem/viado dependendo da lua... hehehe



Vilser, gostei das novidades, aguardo mais, ansiosíssimo !!! Beijos!

Lú - RJ disse...

Muito engraçado! hehe!

Tem gente que nunca está satisfeito mesmo! hehe!


Bjs!

SAM disse...

Adorei essa foi a do ANO!

AAUHAHUHUAHUAHUAHUAHUA

Saudade dos seus posts!

:)

SAM disse...

Adorei essa foi a do ANO!

AAUHAHUHUAHUAHUAHUAHUA

Saudade dos seus posts!

:)

Rodrigo disse...

Passei pra te avisar que eu dei um selo para o seu blog, depois de uma passada no meu blog para ver.

abraços!!!

Anônimo disse...

Bem FDP este seu amigo, não? Quem se deu mal nesta história toda foi o coitado do Josias, que foi chutado - ou, pensando bem, até que se deu bem, já que deixou de perder tempo com um idiota como o tal Paulo. Pelo menos no meu planeta, as pessoas vem só em dois modelos, homem e mulher (a não ser em caso de doença congênita ou genética, mas aí é outra coisa). Se um homem gosta de homens, continua sendo homem... não existe "terceiro sexo", "coluna do meio" ou seja lá o que for. Este carinha tá precisando é de terapia pra entender melhor estas coisas...

Pedro Paulo Fonseca disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKK é verdade mesmo? KKKKKKKKKKK